O que você precisa saber sobre o câncer colorretal

O que você precisa saber sobre o câncer colorretal

Os tumores que se iniciam na parte do intestino grosso chamada cólon e no reto (final do intestino, imediatamente antes do ânus) dão origem ao câncer colorretal.

É o terceiro câncer que mais mata no Brasil. São mais de 40 mil pessoas atingidas por ano no Brasil. Com o envelhecimento progressivo da população, estima-se que o número de mortes aumente até 2025.

Pessoas com 45 anos ou mais e com casos na família são as mais acometidas pela doença, que costuma ser silenciosa, e geralmente quando manifesta sintomas, já está em estágio avançado.

Segundo dados da SBCP – Sociedade Brasileira de Coloproctologia, 85% dos casos de câncer colorretal são diagnosticados em fase avançada, quando as chances de cura são menores. Se descoberto precocemente as chances chegam a 95% de cura.

Vamos mudar esse jogo? Como? Com informação, prevenção, rastreamento para aumentar o número de diagnósticos precoces.

Março Azul-Marinho

O laço azul-marinho é mais um que dá cor ao mês de março para alertar a população sobre a conscientização e prevenção do câncer colorretal.  Mas a mobilização deve acontecer o ano todo, não apenas em março.

Quanto mais pessoas conhecerem a doença e souberem agir, mais chances teremos de avançar contra o câncer colorretal e reduzir os índices de mortalidade. 

Caso apresente algum desses sintomas, procure um médico

  • Sangue nas fezes;
  • Dores e cólicas abdominais frequentes com mais de 30 dias de duração;
  • Alteração no ritmo intestinal (quando o funcionamento era normal e passa a apresentar diarreia ou constipação;
  • Emagrecimento rápido sem causa aparente;
  • Anemia, cansaço e fraqueza

Fatores de risco

  • Idade (em geral a doença costuma aparecer a partir dos 50 anos);
  • Histórico pessoal ou familiar de pólipos intestinais – alguns tipos de pólipos são pré-cancerígenos- ou de câncer colorretal;
  • Doença inflamatória intestinal (doença de Crohn, por exemplo);
  • Diabetes tipo 2

Como prevenir e cuidar da saúde do intestino

  • Praticar atividades físicas regularmente;
  • Não fumar e evitar bebidas alcoólicas;
  • Ter alimentação balanceada, priorizando o consumo de frutas, vegetais e grão integrais, evitar alimentos processados e ultraprocessados;
  • Reduzir o consumo de carnes vermelhas (máximo 500 gramas por semana);
  • Manter o peso corporal adequado 
  • Realizar o rastreamento se tiver 45 anos ou mais. Ele identifica lesões que antecedem o câncer e é fundamental para o diagnóstico precoce. Se tiver casos na família, antecipar o rastreamento. Converse com deu médico e esteja com os exames e consultas em dia.

Vamos mudar esse jogo e vencer o câncer colorretal. A Oncocenter, está com você nessa.

Oncocenter, dedicada a você!

Fonte: SBCP – Sociedade Brasileira de Coloproctologia

Siga-nos

Notícias recentes

Câncer renal

Esse tipo de câncer não é dos mais comuns e tem a incidência estimada entre 7 a 10 casos para cada 100 mil habitantes, principalmente

Câncer e consumo de álcool

Durante a pandemia, a Associação Brasileira de Estudos do Álcool e Outras Drogas (Abead) observou um aumento de 40% nas vendas de bebidas alcoólicas. As

× Como posso te ajudar? Available from 08:00 to 18:00