A trilogia da boa saúde: alimentação, hidratação e atividade física

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define o termo “saúde” como um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doenças. Alcançar a saúde plena requer um conjunto de hábitos que incluem a alimentação, a adequada ingestão de água, a atividade física, além de outras atitudes de autocuidado: o cultivo de bons relacionamentos, pensamentos e sentimentos; consultas e exames médicos periódicos, conforme a faixa etária.

Uma alimentação diversificada e balanceada, com a correta proporção entre todos os grupos alimentares, rica em frutas, vegetais e cereais integrais, com poucos alimentos processados e industrializados é parte da receita para obter e manter a saúde física e mental.  Descascar mais e desembalar menos é a máxima para uma boa saúde. Faça escolhas inteligentes!

Comer comida de verdade, o mais natural possível, sem os aditivos e conservantes que intoxicam e fazem mal ao corpo é um ato de autocuidado e amor-próprio. Os aditivos químicos levam à depressão e doenças sistêmicas, como as cardiovasculares e o câncer.  

Uma alimentação equilibrada fornece os nutrientes necessários para manter a imunidade elevada, previne e auxilia no tratamento de doenças, a exemplo da hipertensão, diabetes e câncer.

Outro fator importante na equação da boa saúde é a hidratação. Como 70% do nosso corpo é composto por água, manter-se hidratado é essencial para o funcionamento correto das funções do   organismo. Segundo o Guia Alimentar para a População Brasileira, desenvolvido pelo Ministério da Saúde, o consumo ideal diário varia conforme a idade e o peso da pessoa, mas em média, o valor aproximado é de 2 litros de água por dia para adultos.

Entre os benefícios para o organismo, está comprovado que a água:

  • Regula a temperatura corporal;
  • Ajuda na absorção de nutrientes; 
  • Auxilia na desintoxicação do corpo;
  • Deixa a pele mais bonita e hidratada;
  • Auxilia no metabolismo celular;
  • Contribui para o emagrecimento;
  • Previne o aparecimento de pedras nos rins;
  • Melhora a circulação sanguínea;
  • Facilita a digestão

Por fim, mas não menos importante, vem o terceiro elemento da nossa fórmula da boa saúde: a atividade física. 

De acordo com a American Cancer Society (Sociedade Americana contra o Câncer), quando ficamos frequentemente sentados e por muito tempo, o nosso metabolismo se altera e pode desencadear fatores como colesterol elevado e alta da pressão arterial, que são indicadores para obesidade, problemas cardiovasculares e outras doenças crônicas. Ou seja, nosso corpo foi programado para o movimento!

Em 2020, na última atualização desta Associação, sobre orientações para prevenção do câncer, a recomendação é de que adultos precisam fazer exercícios moderados de 150 a 300 minutos ou 75 a 150 minutos de atividade física intensa por semana.

Então, quando perceber que está muito tempo sentado, levante-se, movimente-se!

Vale caminhar, dançar, correr, pular corda, fazer musculação, busque orientação profissional e uma atividade física que lhe traga alegria e prazer.

Este conteúdo foi útil para você? Faça o bem, compartilhe-o e ajude a conscientizar mais pessoas.

Oncocenter, dedicada a você!

Fontes: OMS (Organização Mundial da Saúde), Ministério da Saúde, ASBRAN (Associação Brasileira de Nutrição), American Cancer Society (Sociedade Americana contra o Câncer).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar? Available from 08:00 to 18:00